PRINCÍPIO INTELIGENTE

Princípio inteligente
 
 
 

Princípio inteligente ou mônadas fundamentais

(Ver: Evolução e Corpo espiritual)

A inteligência é um atributo essencial do Espírito. Uma e outro, porém, se confundem num princípio comum, de sorte que, para vós, são a mesma coisa.

[9a – página 59 questão 24]

Os Espíritos são a individualização do princípio inteligente, como os corpos são a individualização do princípio material.  

[9a – página 81 questão 79]

        O princípio inteligente que constitui a Alma de natureza especial de que são dotados, provem do elemento inteligente universal. Emanam de um único princípio…

  • a inteligência do homem 

  • e a dos animais. 

        Porém, no homem, passou por uma elaboração que a coloca acima da que existe no animal.

[9a – página 299 questão 606]

        Já não dissemos que tudo em a Natureza se encadeia e tende para a unidade? No Espírito, cuja totalidade estais longe de conhecer, é que o princípio inteligente se elabora, se individualiza pouco a pouco e se ensaia para a vida (vida espiritual [0] ).  É, de certo modo, um trabalho preparatório, como o da germinação, por efeito do qual o princípio inteligente sofre uma transformação e se torna Espírito. (Ver: Mônadas celestes)

        Entra então no período da humanização,… 

  • começando a ter consciência do seu futuro

  • capacidade de distinguir o bem do mal 

  • e a responsabilidade dos seus atos.  

[9a – página 299 questão 607]

É o Espírito, o princípio inteligente do Universo

[9 – questão 23]

O Espírito é um ser semimaterial formado pelo princípio inteligente  e do corpo fluídico

[1 – página 24]  

        A Alma do homem e do animal emanam de um único princípio inteligente; "Do elemento inteligente universal." Porém, no homem, passou por uma elaboração que a coloca acima da que existe no animal.  

[9a – página 299 questão 606]

        As diferentes espécies de animais não procedem intelectualmente umas das outras, mediante progressão. Assim, o espírito da ostra não se torna sucessivamente o do peixe, do pássaro, do quadrúpede e do quadrúmano. Cada espécie constitui, física e moralmente, um tipo absoluto, cada um de cujos indivíduos haure na fonte universal a quantidade do princípio inteligente que lhe seja necessário, de acordo com a perfeição de seus órgãos e com o trabalho que tenha de executar nos fenômenos da Natureza, quantidade que ele, por sua morte, restitui ao reservatório donde a tirou. 

[9a – página 303 questão 613]

        O Espírito, passando deste planeta para outro, conserva a inteligência que aqui tinha. A inteligência não se perde. Pode, porém, acontecer que ele não disponha dos mesmos meios para manifestá-la, dependendo isto da sua superioridade e das condições do corpo que tomar. (Veja-se: "Influência do organismo". cap. VII, para 2ª.)

[9a – página 125 questão 180]

        Com a Supervisão Celeste, o princípio inteligente gastou, desde os vírus e as bactérias das primeiras horas do protoplasma na Terra, mais ou menos quinze milhões de séculos (*), a fim de que pudesse, como ser pensante, embora em fase embrionária da razão, lançar as suas primeiras emissões de pensamento contínuo para os Espaços Cósmicos.


André Luiz 
(Uberaba, 2 de 1958) [56 – página 52]   

 

( Ver: Evolução e Sexo )

 

(*) quinze milhões de séculos = um bilhão e quinhentos milhões de anos 

(Ver: Universo  e  Era geológica)

[0]

Ver também:

Anúncios

Sobre aricarrasco

sou simples mas co objetivos e convicções definidos.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s