Obsessão

Obsessão
(Fontes de consulta: Revista Reformador FEB, julho de 2008; obra: Missionários da luz, psicografia de Francisco Cândido Xavier pelo Espírito André Luiz; site:www.cvdee.org.br /apostila: Mediunidade.)
Autores: Teresa Gouveia e Paulo Renato Silva

A obsessão, segundo a literatura médica: “… estado mental neurótico de ter um desejo incontrolável e de insistir numa idéia ou emoção. Habitualmente o paciente está ciente da anormalidade e tenta opor resistência a esses pensamentos”. Sendo assim, não se faz menção a ocorrência de alguma influência espiritual, não relacionando portanto, a enfermidade com a presença de obsessores. 
Diante do conceito espírita ocorrem semelhanças, mas estas levam em consideração o espírito reencarnado e sua personalidade que pode ser suscetível à obsessão, favorecendo assim a influência de espíritos equivocados. Desta forma as ações praticadas pelo espírito em vidas passadas podem resultar no funcionamento anormal de seu veículo carnal, trazendo conseqüências para sua existência atual como por exemplo: depressão, síndrome do pânico, TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) etc.
A obsessão vai da simples influência moral a perturbações extremas que chegam a comprometer funções orgânicas, como as faculdades mentais.

Obsessão: Como tratá-la?


Primeiramente, é importante ressaltar que sem o esforço do próprio obsediado em fazer a sua reforma moral mudando seus pensamentos para zonas boas, se esforçando pra vencer as tendências ruins (como inveja, preguiça, raiva), praticando a caridade, etc. não haverá melhora em casos de obsessão, considerando que o perseguidor ainda estará suscetível ao processo obssessivo.
A ciência espírita, através de diversas obras doutrinárias, têm ensinado a tratar a obssessão de diversas maneira, mas sempre partindo da intenção do doente em se melhorar. Tais métodos são a prece e esforço em não cometer atos ruins(que personifica a frase de Jesus “ orai e vigiai”); a Fluidoterapia (água fluidificada e o passe); o apoio de uma equipe mediúnica; o culto do evangelho no lar , a laborterapia e a freqüência a um centro espírita.
O tratamento de fluidoterapia (passe e água fluidificada) consiste em repor os bons fluidos dos obsediados que são absorvidos pelos obssessores que os substituem por fluidos malfazejos.
O culto do evangelho no lar facilita a freqüência de bons Espíritos no lar do obsediado, permite a penetração do Evangelho de Jesus na vida de todos, e é também, um elemento importante na fluidoterapia, pela água fluidificada.
A laborterapia consiste em ocupar a mente do enfermo com trabalho, dificultando a instalação e permanência de fluídos deletérios neste, pois quando não estamos ocupados podemos dar margem a pensamentos ruins. Lembrem-se do velho ditado: cabeça vazia é oficina do mal.
A ação da equipe espiritual de ajuda, se tornará mais evidente, quando houver a participação de um grupo mediúnico sério. Ambos Espíritos envolvidos serão beneficiados. O envolvimento carinhoso, o esclarecimento evangélico e doutrinário, realizado por um grupo mediúnico, serão extremamente benéficos ao obsessor e ao obsediado.
Importante enfatizar, que a presença do obsediado à reunião mediúnica é dispensável e até mesmo prejudicial, só devendo este participar da reunião quando estiver efetivamente equilibrado. 
Muitas pessoas procuram um Centro Espírita a fim de se livrar de seus problemas espirituais jogando toda a responsabilidade para os espíritos mas se esquecendo de que se não se auto- evangelizar não obterão melhora no seu estado.
Sendo assim, torna-se indispensável à reforma intima para todo aquele que deseja seguir na estrada terrena de forma equilibrada, pois através de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos fundamentados no amor é possível elevar o padrão vibratório e com isso minimizar ou até mesmo extinguir tais perseguições espirituais.

“No que diz respeito ao problema das obsessões espirituais, o paciente é, também, o agente da própria cura.” – Manoel Philomeno de Miranda.
Postado por CEEAK às 12:18

Anúncios

Sobre aricarrasco

sou simples mas co objetivos e convicções definidos.
Esse post foi publicado em Espiritismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s