ESTUDOS ESPÍRITAS

Estudos Espíritas

Centro Virtual de Divulgação e Estudo do
Espiritismo

http://www.artnet.com.br/~cvdee/esde.html

  1. A necessidade do Amai-vos e Instrui-vos
  2. Por que precisamos estudar?
  3. O que estudar?
  4. O estudo em grupo
  5. Aliar o estudo à prática
  6. O estudo como propiciador da Reforma Intima

A Necessidade de Amai-vos e Instrui-vos

Homens fracos, que compreendeis as trevas das vossas inteligências, não
afasteis o facho que a clemência divina vos coloca nas mãos para vos clarear o
caminho e reconduzir-vos, filhos perdidos, ao regaço de vosso Pai.

Sinto-me por demais tomado de compaixão pelas vossas misárias, pela vossa
fraqueza imensa, para deixar que estendas a mão socorredora aos infelizes
transviados que, vendo o céu, caem nos abismos do erro. Crede, amai, meditai
sobre as coisas que vos são reveladas; não mistureis o joio com a boa semente,
as utopias com as verdades.

Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instrui-vos, este o
segundo. No Cristianismo encontram-se todas as verdades; são de origem humana os
erros que nele se enraizaram. Eis que do além-túmulo, que julgáveis o nada,
vozes vos clamam : "Irmãos ! nada perece. Jesus-Cristo e’ o vencedor do mal,
sede os vencedores da impiedade. – O Espírito de Verdade. (Paris, 1860)."
[…].

Em verdade vos digo: os que carregam seus fardos e assistem os seus irmãos
são bem-amados meus. Instruí-vos na preciosa doutrina que dissipa o erro das
revoltas e vos mostra o sublime objetivo da provação humana. Assim como o vento
varre a poeira, que também o sopro dos Espíritos dissipa os vossos despeitos
contra os ricos do mundo, que são, não raro, muito miseráveis, porquanto se
acham sujeitos as provas mais perigosas do que as vossas. Estou convosco e meu
apóstolo vos instrui. Bebei na fonte viva do amor e preparai-vos, cativos da
vida, a lançar-vos um dia, livres e alegres, no seio dAquele que vos criou
fracos para vos tornar perfectíveis e que quer modeleis vós mesmos a vossa
maleável argila, a fim de serdes os artífices da vossa imortalidade. – O
Espírito de Verdade (Paris, 1861)." (Kardec, O Evangelho segundo o Espiritismo,
107. ed., p. 130-131).

Retorna ao início da página


Porque precisamos estudar ?

"[…] em qualquer setor de trabalho a ausência de estudo significa
estagnação. Esse ou aquele cooperador que desistam de aprender, incorporando
novos conhecimentos, condenam-se fatalmente às atividades de subnível […]"
(André Luiz, Nos domínios da mediunidade, 8. ed., p. 166).

"ESPIRITISMO E EDUCAÇÃO – Doutrina eminentemente racional, o Espiritismo
dispõe de vigorosos recursos para a edificação do templo da educação, porquanto
penetra nas raizes da vida, jornadeando com o espírito através dos tempos, de
modo a elucidar recalques, neuroses, distonias que repontam desde os primeiros
dias da conjuntura carnal, a se fizerem no carro somático para complexas provas
ou expiações.

Considerando os fatores preponderantes como os secundários que atuam e
desorganizam os implementos fisicos e psíquicos, equaciona como problemas
obsessivos as conjunturas em que padecem transfugas da responsabilidade, agora
travestidos em roupagem nova, reencetando tarefas, repetindo experiências para a
libertação.

A educação encontra no Espiritismo respostas precisas para melhor compreensão
do educando e maior eficiência do educador no labor produtivo de ensinar a
viver, oferecendo os instrumentos do conhecimento e da serenidade, da cultura e
da experiência aos reiniciantes do sublime caminho redentor, através dos quais
os tornam homens voltados para Deus, o bem e o próximo." (Joanna de Angelis,
Estudos espíritas, p.173).

– A alma humana poder-se-á elevar para Deus tão-somente com o progresso moral
sem os valores intelectivos?

– O sentimento e a sabedoria são as duas asas com que a alma se elevará para
a perfeição infinita.

No círculo acanhado do orbe terrestre, ambos são classificados com
adiantamento moral e adiantamento intelectual, mas, como estamos examinando os
valores propriamente do mundo, em particular, devemos reconhecer que ambos são
imprescindíveis ao progresso, sendo justo, porém, considerar a superioridade do
primeiro sobre o segundo, porquanto a parte intelectual sem a moral pode
oferecer numerosa perspectivas de queda, na repetição das experiências, enquanto
que o avanço moral jamais será excessivo, representando o núcleo mais importante
das energias evolutivas.

Retorna ao início da página


O que Estudar

"No que diz respeito à Doutrina Espírita, cabe-nos a todos o dever de
mergulhar o pensamento nas fontes lustrais do conhecimento, a fim de melhor
entendermos os quesitos preciosos da existencia, simultaneamente, as leis
preponderantes da Causalidade, de modo a podermos dirimir equivocos e duvidas,
colocando balizas demarcatorias no campo das conquistas pessoais,
intransferiveis…

Um quarto de hora, diariamente, dedicado ao estudo;

Pequena pagina para reflexao, diuturnamente;

Um conceito espírita como glossario para cada dia;

Uma notula retirada do contexto luminoso da Codificação para estruturar
seguranca em cada 24 horas;

Uma noite por semana para o estudo espírita, no dia reservado ao Culto
Evangelico do Lar, como curriculo educativo;

Uma pausa para a prece e singelo texto para vigilancia espiritual, sempre que
possivel…

Sim, todos podem realizar curso inadiavel para promoção espiritual na escola
terrestre.

O estudo do Espiritismo, portanto, hoje como sempre e’ de imensuravel
significação.

Estudar sempre e incessantemente a fim de amar com enobrecimento e
liberdade." (Joanna de Angelis, Celeiro de bençãos, p. 33).

"Consagrar diariamente alguns minutos ‘a leitura de obras edificantes,
esquecendo os livros de natureza inferior, e preferindo, acima de tudo, os que,
por alimento da propria alma, versem temas fundamentais da Doutrina
Espírita.

Luz ausente, treva presente.

Digerir primeiramente as obras fundamentais do Espiritismo, para entrar em
seguida nos setores praticos, em particular no que diga respeito ‘a
mediunidade.

Teoria meditada, ação segura.

Disciplinar-se na leitura, no que concerne a horarios e anotacoes, melhorando
por si mesmo o proprio aproveitamento, não se cansando de repetir estudos para
fixar o aprendizado.

Aprende mais, quem estuda melhor." (Andre’ Luiz, Conduta Espírita, 15 ed.,
p.137-1 39)

Retorna ao início da página


O Estudo em grupo

"P – O estudo em grupo e’ hoje um metodo muito divulgado. Este metodo e’
vantajoso para o adolescente ?

R – Tanto para os Jovens como para os adultos o estudo em grupo e’ o mais
eficiente ate’ porque nos não podemos esquecer que na base do Cristianismo, o
proprio Jesus desistiu de agir sozinho, procurando agir em grupo. Ele reconheceu
a sua missão divina, constituiu um grupo de doze companheiros para debater os
assuntos relativos ‘a doutrina salvadora do Cristianismo, que o Espiritismo hoje
restaura, procurando imprimir naquelas mentes, vamos dizer, todo o programa que
ainda hoje e’ programa para nossa vida, depois de quase vinte seculos. Programa
de vivencia que nos estamos tentando conhecer e tanto quanto possivel aplicar na
Doutrina Espírita, no campo de nossas lides e lutas cotidianas." (Emmanuel, A
terra e o semeador, 6. ed., p. 80-81).

Retorna ao início da página


Aliar o estudo à prática

"Pelo menos uma vez por semana, cumprir o dever de dedicar-se ‘a assistencia,
em favor dos irmaos menos felizes, visitando e distribuindo auxilios a enfermos
e lares menos aquinhoados.

Quem ajuda hoje, amanha~ sera’ ajudado. (Andre’ Luiz, Conduta espírita, 15.
ed. P 53). =20 6 – Escola da alma

"[ ..] Estamos defrontados no Espiritismo por uma tarefa urgente:
desentranhar o pensamento vivo de Allan Kardec dos principios que lhe constituem
a codificação doutrinaria, tanto quanto ele, Kardec, buscou desentranhar o
pensamento vivo do Cristo dos ensinamentos contidos no Evangelho.

Capacitemo-nos de que o estudo reclama esforco de equipe. E a vida em equipe
e’ disciplina produtiva, com esquecimento de nos mesmos, em favor de todos.

Destacar a obra e olvidar-nos.

Compreender que realização e educação solicitam entendimento e apoio mutuo
[…]

Somos trazidos ‘a escola espírita, a fim de auxiliarmos e sermos auxiliados,
no permute de experiencias e na aquisição de conhecimento. […]

Estudar para aprender. Aprender para trabalhar. Trabalhar para servir mais
sempre.

Estude e viva.

Pense no valor de sua cooperação na melhoria e no engrandecimento da equipe
de que participa, esteja ela constituida no templo doutrinario ou em seu culto
domestico de elevação espiritual.

Não esquecer que o seu auxilio ao grupo deve ser tao substancial e tao
importante quanto o auxilio que o grupo esta’ prestando a voce.” (Emmanuel e
Andre’ Luiz, Estude e viva. 6. ed., p. 20-22).

Retorna ao início da página


O Estudo como propiciador da Reforma Intima

"- Nenhuma tentativa para o reerguimento moral sera’ eficiente se
continuarmos presos ‘a ignorancia de nos mesmos! Sera’ indispensavel,
primeiramente, averiguar quem somos, donde viemos e para onde iremos, a fim de
que nos convencam do valor da nossa propria personalidade e ‘a sua elevação nos
dediquemos […]." (Y A. Pereira, Memorias de um suicida, 18. ea., p. 468).

"Qual o meio pratico mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e
de resistir ‘a atração do mal?

Um sabio da antiguidade vo-lo disse: "Conhece-te a ti mesmo"." (Kardec, O
Livro dos Espíritos, 72. ed., perg. 919).

"Conhecemos toda a sabedoria desta maxima, porem a dificuldade precisamente
em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo?

Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia. Interrogava a
consciencia, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não
faltara a algum dever, se ninguem tivera motivo para de mim se queixar. Foi
assim que cheguei a me conhecer e a ver o que em mim precisava de reforma.
Aquele que, as noites, evocasse todas as acoes que praticara durante o dia e
inquirisse de si mesmo o bem e o mal que houvera feito, rogando a Deus e ao seu
anjo de guarda esclarecessem, grande forca adquiriria para se aperfeicoar,
porque, crede-me, Deus o assistiria. Dirigi, pois, a vos mesmos perguntas,
interrogai-vos sobre o que tende feito e com que objetivo procedestes em tal ou
tal circunstancia, sobre se fizestes alguma coisa que, feita por outrem,
censurarieis, sobre se obrastes alguma ação que ousarieis confessar. Perguntai
ainda mais: "Se aprouvesse a Deus chamar-me neste momento, teria que temer o
olhar de alguem, ao entrar de novo no mundo dos Espíritos onde nada pode ser
ocultado?"

"Aspiras à posse do conhecimento espírita evangelico?

Iniciemos o aprendizado pela reforma intima.

Disse Jesus: "O reino de Deus esta’ dentro de vos"

Descobri-lo e estabelecer as vias de acesso para alcanca-lo depende de nos.
(Emmanuel, No portal da luz, 3. ed., p. 15).

"Qual a maior necessidade do medium?

– A primeira necessidade do medium e’ evangelizar-se a si mesmo antes de se
entregar ‘as grandes tarefas doutrinarias, pois, de outro modo podera’ esbarrar
sempre com o fantasma do personalismo, em detrimento de sua missão.

Como iniciar o trabalho de iluminação da nossa propria alma?

– Esse esforco individual deve comecar com o auto-dominio, com a disciplina
dos sentimentos egoisticos e inferiores, com o trabalho silencioso da criatura
por exterminar as proprias paixoes." (Emmanuel, O consolador, 15. ed., perg.
387, 230)

"A AUTO-EDUCAÇÃO e’ um processo de busca da perfeição. Para nos, espíritas,
não se trata de um processo ilusorio, segundo aqueles que julgam ser inatingivel
a perfeição humana.

Os espiritistas sabem que a perfeição, como a felicidade, não são para o
nosso mundo. Mas sabem tambem que não estaremos eternamente limitados ‘as formas
de vida da Terra. As vidas sucessivas são meios de aperfeicoamento do Espírito,
visando ‘a libertação do ciclo das reencarnacoes.

A auto-educação, como empenho na afirmação de uma consciencia sempre mais
esclarecida e reta, corresponde ao esforco que o aprendiz emprega para
melhorar-se e engrandecer-se espiritualmente

Ao exortar os seus discipulos a se tornarem perfeitos como o Pai Celestial,
Jesus não exigia uma igualdade de perfeição com Deus. Indicava somente o dever
do aperfeicoamento, o caminho da evolução, ensino aplicavel a todos nos, por
extensão.

Hoje, sob a luz da Doutrina Espírita, a exortação do Mestre torna-se muito
clara. O caminho para o Alto acha-se perfeitamente identificado pelos estudiosos
com boa vontade.

Se não podemos atingir a perfeição relativa ao nosso Orbe em uma so=B4 vida
teremos outras oportunidades. Nosso dever e’ o de aproveitar ao maximo cada
encarnação.

A auto-educação e’ o meio para isso. O Consolador indica-nos as metas,
caminhos, o programa a ser cumprido.

Deter-se na caminhada, perder tempo irrecuperavel e’ retardamento da chegada,
com mais trabalho, mais repeticoes, mais esforcos, quica’ mais sofrimentos.

Anúncios

Sobre aricarrasco

sou simples mas co objetivos e convicções definidos.
Esse post foi publicado em Espiritismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s